VOLTAMOS!

post_endereco

Voltamos com o blog Mão na Mama!

Marca nova, casa nova e o mesmo ânimo para falar sobre câncer de mama. Não sei quanto vou poder escrever por aqui, mas esse é um canal aberto para falar sobre a doença, aprender e pedir ajuda. Além disso você poderá nos acompanhar pela FANPAGE e pelo novíssimo INSTAGRAM

Opinem, peçam, perguntem e participem!

Beijos

Paula

 

DEPOIMENTO PAULA

Clique na imagem para ampliá-la

Essa ai sou eu. Antes, durante e depois da doença. Você deve estar se perguntando “pq essa exposição toda?”, “pq mostrar a cara da pior fase da vida”? Eu te respondo dizendo que essa não foi mesmo a pior fase da minha vida e que eu me exponho exatamente para cumprir a missão que eu acho que tenho de ajudar as pessoas que tiveram essa doença. Não tenho vergonha de absolutamente nada e agora vou dar meu depoimento para vocês.

O povo chama de “C.A”, “aquela doença”, parece que vai cair um raio na cabeça de alguém se eles falarem CÂNCER. Nunca pensei assim, graças a Deus. Desculpa, mas isso pra mim é ignorância. Não digo ignorância de burrice, mas ignorância de não saber mesmo.

Certamente ninguém pensa que esse tipo de coisa vai acontecer com a gente. Na verdade, eu acho que nunca havia pensado muito no câncer de mama especificamente, pois eu sempre fiz todos os exames periodicamente e etc. Sempre me cuidei e essa foi a minha sorte. Acho que tenho que agradecer a minha mãe por isso também (além de outras coisas), por sempre nos colocar para fazer exames. Como tenho um histórico de fazer cirurgia por outros motivos, sempre fui regularmente aos médicos, principalmente ginecologista e mastologista. Já tirei fiboradenomas (cistos benignos) e metade da tireóide, além de outras coisinhas mais. Continuar lendo

WELCOME! :D

Olá pessoal!
Meu nome é Paula, tenho 31 anos e sou de Salvador. Queria dar as boas vindas a todos que buscam aqui uma informação, um consolo, uma ajuda sobre o câncer de mama. Essa é uma doença que pode ser muito cruel, mas se for descoberta logo, tem grandes chances de cura. Informação é fundamental nesse processo. Por isso, depois te ter vivido o meu, quis disseminá-la para ajudar outras pessoas.

Obrigada por passar por aqui!
bjs

Paula